A interactividade da Colheita63 em movimento contínuo para todo o Mundo e especialmente para Lisboa , Tomar , Monte Estoril , Linda-a-Velha , Setúbal , Coimbra , Porto , VNGaia , Braga , VNFamalicão , Santo Tirso , Afife , Vila Real , Vinhais , Bragança , Castelo Branco , Seia , Vendas Novas , Varsenare e Aveiro

terça-feira, março 31, 2009

FUGAS!

A JUSTIÇA em Portugal parece a mangueira do meu jardim!
Está cheia de fugas!
As fugas da minha mangueira são inocentes e ajudam a regar a relva.
As fugas da JUSTIÇA são perversas, puras sacanices, que tentam "matar politicamente" as pessoas.
São sazonais, voltam sempre em anos eleitorais!

Já se viu que com tanto ataque, nas TVs e alguns Jornais, não devem ter nada para lhe pegar.
Caso contrário já lhe tinham ferrado o dente!

Deus me livre de, um dia, cair nas mãos desta JUSTIÇA!

Calor , tintol e mirones!

Calor, inglesas, mirones e vinho tinto no Cais das Colunas, Lisboa

in O Jumento

Ora aí está!

O Sindicato dos Magistrados do Ministério Público (SMMP) pediu uma audiência «com carácter de urgência» ao Presidente da República, no âmbito do processo Freeport. Alega que há pressões sobre procuradores para que o processo seja arquivado. Percebo o pedido, mas não me parece que seja este o caminho a seguir. Pressionar magistrados, da forma alegada, constitui crime. Ora, se há magistrados do MP que se sentem coagidos, devem, como titulares da acção penal, agir em conformidade, abrindo inquéritos contra os coactores. Parece-me mais adequado do que ir fazer queixinhas a Cavaco, assim transformado em super-polícia.

PIB cai!

PIB da OCDE deverá cair 4,3%

A economia da OCDE deverá recuar 4,3% este ano e registar uma estagnação no próximo, disse o secretário-geral do organismo.

in Expresso


A culpa é do malandro do Sócrates!

Il silêncio ...


Vídeo enviado via email por LP e editado por Átila

---------------------------

Postado ás 00.01 e repostado ás 09.50

Jumentices!

João Palma, sindicalista dos magistrados do Ministério Público

João Palma não só lançou insinuações acerca de supostas pressões sobre os magistrados do Ministério Público que investigam o caso Freeport, como agora as alimenta pedidndo uma audiência o Presidente da República. Será que as pressões a que se refere são as sucessivas fugas ao segredo de justiça, que só poderão ser protagonizadas por gente que teve acesso ao processo?

QUEM QUER ABAFAR O CASO FREEPORT

Depois da campanha contra Sócrates agora insinua-se que os magistrados estão sob forte pressão e que há quem queira arquivar o caso Freeport. O presidente do sindicato dos magistrados do Ministério Público deu o mote e o tema já faz manchetes nalguns jornais.

A verdade é que ninguém quer que se faça justiça neste caso a não ser que Sócrates seja condenado, se tudo apontar para a inocência do primeiro-ministro vão preferir insinuar que alguém fez tudo para que não se apurasse a verdade.

Só que o caso Freeport já são dois casos, o das suspeitas iniciais e o da manobra que envolveu toda a campanha a que temos assistido.

in O Jumento

Que pressões afinal?

As pressões

De há uns tempos para cá, mas com maior abundância desde a exibição do famoso vídeo pela TVI, jornais, comentadores e o representante do sindicato dos magistrados do MP dizem que há pressões sobre os investigadores, que há forças poderosas a calarem a exercerem influências, que há interesses a querem arquivar o processo Freeport.

Nunca se concretiza de quem são essas pressões e quem são as forças ou os interesses poderosos, deixando no ar que é o governo, José Sócrates, figuras da administração central ou do partido do poder.

Há, no entanto, algumas pressões que existem e elas têm nomes. Basta ver este texto de Mário Crespo para perceber que ele já decidiu que José Sócrates é culpado, já determinou que deveria ter sido constituído arguido, ficando todos nós pasmados com a clarividência, os conhecimentos que tem da investigação a correr, o à-vontade que demonstra nos meandros da justiça. A pressão mediática para que se conclua que Sócrates é culpado é insuportável, todos os dias se falando do processo, fazendo com que o caso arda em fogo lento, fazendo crer que são os jornais e as televisões que estão a zelar pela verdade.

Portanto, se o processo for arquivado já está decidido porque foi: os corruptos do governo e do PS, orquestrados por Sócrates, em conluio com o Procurador Geral da República e a directora do DCIAP, Cândida Almeida, com medo que os assassinem ou os deportem para a Madeira, cedem com ignomínia a este novo ditador, que nem sequer tem a genialidade de Salazar, esse sim, um grande líder.

Sobram-nos ainda os heróicos lutadores, Manuela Moura Guedes, Mário Crespo e José Manuel Fernandes, para defenderem a liberdade e a justiça, neste país cheio de medo.

Na minha santa ingenuidade (cega e abjecta lealdade ao ditador) penso que a quem menos interessa que se arquive o processo é mesmo a José Sócrates, pois enquanto não se provar a sua culpa ou a sua inocência, nunca se livrará desta sombra.

Por Sofia Loureiro dos Santos

segunda-feira, março 30, 2009

Agarrem-me se não denuncio-os! Um Magistrado do Ministério Público não tem que denunciar, tem que actuar! Já tresanda ...

A pescadinha de rabo na boca

Mudou a presidência do sindicato dos magistrados do ministério público e a conversa mantém-se. João Palma, assim que tomou posse, logo repetiu a ladainha de que os magistrados sofrem pressões: “há pressões, umas conhecidas e outras não, e se for necessário, se não acabarem, direi quais são e quem as faz”.
A história, aliás, não é nova. Primeiro, aparecem nos jornais – sempre nos mesmos, sempre nos mesmos – umas notícias que falam da existência de pressões, logo a seguir vem o sindicato referir sem concretizar as mesmas pressões que os jornais noticiaram sem concretizar. Depois, claro, chega o “agarrem-me se não eu denuncio”. Tendo em conta que são magistrados, talvez não fosse má ideia denunciarem mesmo, em lugar de ameaçar em abstracto e concretizar invariavelmente através de uma mão-cheia de nada. O assunto é sério de mais para que possa pairar a suspeição generalizada combinada com uma “revolta na bounty”, sob a forma de sublevação contra a “hierarquia”. A menos que o essencial do problema seja mesmo não haver uma hierarquia. Afinal, como lembrava Pinto Monteiro há uns tempos: “o MP é um poder feudal de condes, viscondes, marqueses e duques”. Faltou acrescentar o sindicato dos magistrados do ministério público.

A Inquisição ( versão II )

A Inquisição foi extinta a 31 de Março de 1821, há quase duzentos anos. Mas deixou trabalho para outros duzentos. Durante a sua existência, o país dividiu-se em acusados, acusadores e denunciantes, a maior parte deles anónimos. Se há categoria de gente reles é essa – a que vive feliz com a pequena denúncia, o rumor, a suspeita permanente, a ‘teoria da conspiração’, a insídia moral, o riso escarninho.
Passados estes anos, a Inquisição ainda resiste. Só faltam as fogueiras. O povo gosta de ver.
Os juízes, o melhor que têm a fazer, é exigir que se legalize a denúncia anónima. Aliás, já o fizeram.

Francisco José Viegas, Escritor

Do F.A. para toda a Colheita

A todos desejamos que passem uma Páscoa muito feliz junto de todos os que vos são caros.
Esta antecipação de bons votos deve-se à nossa ausência a partir da próxima quarta-feira, de madrugada.
Esperamos estar de volta no Domingo de Páscoa.
Tudo de bom para todos vós. É tempo de nos lembrarmos das brincadeiras da nossa infância. Que saudades do jogo do cântaro!
Também atacávamos com o pião e os berlindes. As meninas entretinham-se mais com o salto à corda e com a "macaca", o "cochipé".
Mas que termos tão eruditos!!!
Lembro também a Visita Pascal e como não poderia deixar de ser o "compasso" e todos aqueles que o integravam, mas muito principalmente do meu pai e do meu primo Padre Miguel e menina Aninhas! Julgo que estarão sempre na presença de todos quando se fala de Bragança, Páscoa e freguesia de Santa Maria.
E é disto que nos vamos alimentando, porque a SAUDADE, também alimenta.
Não vos incomodo mais. Renovamos os desejos de Boa Páscoa.
Um abraço

Francisco Almeida e Neninha.

domingo, março 29, 2009

O Magalhães

Suponhamos que sim, alguns Magalhães, distribuídos a custo zero às crianças mais pobres, vão parar à Feira da Ladra. Que me diz isso? Sobre o Magalhães, nada.
Como a invenção suméria da escrita cuneiforme, que levou ao alfabeto grego, que levou aos pergaminhos medievais, que levou à tipografia de Gutenberg, que levou à Internet, não é responsável pelas tolices de um qualquer imbecil numa caixa de comentários de um blogue.
Se os Magalhães são vendidos na Feira da Ladra é porque uns pais burros fecham os olhos à tolice dos filhos ou, pior, porque uns pais criminosos encurralam os filhos na ignorância.
A segunda geração das famílias mafiosas tem os filhos formados em Finanças nas melhores universidades: será que é de criticar Harvard por a contabilidade da Mafia conseguir escapar aos impostos como Al Capone não pôde?
O Magalhães (como a escrita dos sumérios, como a Universidade de Harvard ou a invenção do lápis) é um passo em frente.
A campanha contra o Magalhães só confirma que quando se avança há sempre quem avance com rasteiras.
FF in DN de hoje

----------------------------------------------------------------

O Magalhães no meu tempo era uma lousa preta com um rato de pedra e o delete era um pouco de saliva nos dedos ou num qualquer pano ou papel á mercê. Mas funcionava e não era distribuído de borla ....

Folar 2

Para que não restem dúvidas , aqui está ao vivo o verdadeiro FOLAR DE BRAGANÇA

Que bem me sabia agora um bocado ...

Comunismo e ejaculação precoce!

A cineasta Raquel Freire concede hoje, ao semanário Sol, a mais hilariante entrevista que tenho lido na imprensa portuguesa de há muitos dias para cá. Fazendo um rasgado elogio dos "sistemas marxistas", onde "havia mais piscinas" do que no capitalismo, a realizadora de Rasganço compara os dois modelos alternativos de sociedade, centrando-se com nostalgia na Alemanha da era do Muro de Belim. E parece ver vantagens óbvias no comunismo: "O sexo na Alemanha comunista durava mais tempo e era melhor. As mulheres, como adoptavam as doutrinas feministas, achavam que também tinham que ter orgasmos, que não eram só os homens. Já as mulheres da Alemanha Ocidental faziam um bocado o papel de bonecas insufláveis, como as nossas mães e as nossas avós. Na Alemanha comunista usavam-se métodos contraceptivos e estava muito mais presente a ideia do sexo pelo prazer e não apenas com o objectivo da reprodução."

Certamente tão espantado como eu com esta torrencial associação entre sexo e ditadura comunista, o entrevistador, José Fialho Gouveia, pergunta-lhe: "O comunismo combate a ejaculação precoce?"

Raquel não se atrapalha: admite logo que sim. "Provavelmente, mesmo que os homens ejaculassem depressa eram obrigados a continuar a relação e a dar prazer às mulheres." Lembrei-me então daquelas célebres fotos dos beijos na boca entre Brejnev e Honecker - dois símbolos do anacrónico mundo comunista - destinados a selar a "solidariedade internacionalista" sob a foice e o martelo.

Nada melhor, com efeito, para combater a ejaculação precoce...

por Pedro Correia | 28.03.09


sábado, março 28, 2009

Folar!

Oh meu Deus! Se eu apanhasse estes folares ninguém me via durante uma semana!
Tenho que ir a Chaves ao João Padeiro.
Dizem os conhecedores que é o melhor folar comercial de Trás-os-Montes!

O folar

Apetecia-me hoje comer folar . Infelizmente já não vivo em Bragança , porque se vivesse era fácil satisfazer o meu desejo , por isso e para não iaugar, andei pela Internet a navegar e vi coisas incríveis , quase inacreditáveis , sobre a receita do folar.
Desde frango , perdizes , coelhos , ovos e outras coisas tudo lá aparece , menos o que é necessário como a gravura mostra.
Será defeito meu , mas folares só de Bragança , Vinhais e Valpaços.
Espero brevemente comer um bocado de um deles .

sexta-feira, março 27, 2009

Estado de Direito em Portugal??!!

A SIC e o Bastonário

"Isto não é apoio a ninguém. Isto é apoio à verdade".
É assim que Marinho e Pinto, Bastonário da Ordem dos Advogados, responde à jornalista da SIC, quando esta lhe pergunta se está a apoiar José Sócrates com o artigo na revista da Ordem, em que denuncia aguns dos vícios do caso Freeport.
Isso não impediu a pivot da SIC de afirmar que o «Bastonário coloca-se ao lado do primeiro-ministro», expressão que é, de resto, repetida no texto online.
Já Mário Crespo optou por outro tipo de censura ao Bastonário. Abriu o seu noticiário das 9 afirmando que Marinho e Pinto decidiu "tabloidizar" a revista da Ordem.
É claro que todas estas expressões utilizadas pela SIC são puro acaso...

[O DN online tem cópia integral do artigo de Marinho e Pinto - a SIC, que afirma tê-lo tido em primeira mão, não tem.]

in Câmara Corporativa


Para ler o artigo de Marinho Pinto clique em cópia integral!
Não esquecer que a SIC, o Expresso e a Visão são propriedade do fundador e militante nº1 do PSD, Francisco Pinto Balsemão!
Um defensor dos direitos, liberdades e garantias individuais!!!

Viva o Estado de Direito Português!


E esta hein !!!!

Após uns dias de acalmia, eis que a polémica voltou a estalar no processo Freeport. Segundo avançou ontem à noite a SIC, no próximo boletim da Ordem dos Advogados, o bastonário Marinho Pinto assina um artigo de quatro páginas com o título:
“A carta anónima que incriminou Sócrates foi combinada com a PJ”.


Na reportagem, Marinho Pinto afirma que foi a coordenadora da Polícia Judiciária de Setúbal, Maria Alice Fernandes, quem sugeriu a apresentação de uma carta anónima de forma a poder iniciar uma investigação contra o actual primeiro-ministro.

«Aconselhar o recurso a cartas anónimas, reunir com jornalistas (e com opositores do principal visado com as denúncias) são métodos que não são próprios de uma investigação criminal», dispara o bastonário, criticando não só a PJ, mas também o Ministério Público.

Os opositores a que Marinho Pinto se refere são Miguel Almeida, ex-chefe do gabinete de Santana Lopes, e Armando Carneiro, antigo proprietário da revista Tempo e ligado ao PSD.

In CM de hoje

---------------------------------

O que é isto ? Em que País vivemos ????



Ainda os combóios



------------------------
Em 1991/1992, a Linha do Tua sofria de negligência na sua manutenção e modernização, e a população era remetida para autocarros de substituição, com menores condições de segurança e conforto, autocarros esses que acabaram ao fim de 5 anos, deixando-os sem comboio nem autocarro. Deixando o tempo passar sem nenhuma decisão de vulto, a hipótese de reabertura foi brutalmente apagada na Noite do Roubo de 14 de Outubro de 1992, onde numa operação de 12 mil contos, a coberto da noite, de uma forte escolta policial, e de um apagão nas comunicações, a CP e o Governo de Cavaco Silva levaram os comboios de Bragança em camiões. Prometeu-se o desenvolvimento para o Nordeste através do IP4, o que nunca veio a acontecer.

Hoje em dia, qual é a diferença na gestão da Linha do Tua em relação às mentiras de 1991/1992?
Não deixemos tudo isto acontecer de novo. E não se esqueça: estamos em ano de eleições.

quinta-feira, março 26, 2009

A estação da CP em Bragança

Esta já não é aquela que me viu partir e chegar várias vezes.
Quem me arranja uma foto dos anos 50 ou 60 ?

O padre verde!

O menino que estais a ver a ser baptizado chama-se Lucílio, mas desde sábado passado, todos os seus homónimos deixaram de poder receber na Igreja de Santa Isabel, lá para os lados do Rato, Lisboa,aquele sacramento, porque o Padre da paróquia se recusa a tal.
E qual o motivo para medida tão descabida?
Porque um tal Lucílio, árbitro de futebol afamado no "gamanço ", desta vez teve o despaupério de numa Final importantíssima entre Solteiros e Casados, da Avª General Craveiro Lopes, vulgo 2ª Circular, permitiu-se ao luxo de considerar o peito como parte integrante do braço e, como tal, assinalar uma grande penalidade inexistente, que permitiria um volte face no resultado e, concomitantemente, o desvio da Taça da Cerveja, para a grade indevida.
Como o Padre João Eleutério é um dos indefectíveis, como eu, do clube prejudicado a maneira que encontrou para mostrar a sua indignação foi daquela forma, tendo esperanças fundadas de vir a ser apoiado pela Papa Bento XVI e que o seu exemplo seja seguido em todo o mundo católico, apostólico e romano.
Viva o padre verde! Viva!

Os combóios

Ontem, a CP encerrou as linhas do Corgo e do Tâmega sem avisar ninguém. Contava com o silêncio de todos e fê-lo pela calada, desprezando toda a gente.
Mas a culpa não é da CP; é, antes, de todos os pacóvios que transformaram o País num tapete de asfalto, bom para a camionagem, para as empresas de obras públicas e para o consumo de gasolina. Em vez de investir em comboios e serviços decentes para passageiros e mercadorias, os sucessivos governos destruíram um património secular e uma parte da nossa geografia cultural – tudo em nome das ‘grandes obras’ e do ‘grande dinheiro’.
Hoje há pouco a fazer. Há alcatrão, cimento, camionagem e gasóleo. Tudo caro. Os comboios portugueses inventaram um País, povoaram-no, desenharam a nossa geografia. Era um País mais bonito do que este.
Francisco José Viegas, escritor
------------------------------------------
Que saudades eu sinto da linha do Tua , fiz muitas viagens Bragança - Mirandela , Bragança -Tua , Bragança - Porto , Bragança-Lisboa . É claro que acompanhando o raciocinio do José Viegas ,se os sucessivos governos tivessem investido ao mesmo ritmo nos combóios ,hoje teríamos uma linha do Tua e outras quase ao nível do combóio foguete .
Que maravilha não seria .


terça-feira, março 24, 2009

Dismitificação da música ...

Se até ELE diz isto!

Diz o Pina Manique da intelgentsia do sec XXI:

"...
Repito o que já disse antes: se a maioria dos portugueses soubesse efectivamente como são feitas as "notícias", não comprava um jornal, não via um noticiário, a não ser como entretenimento, ou como obra de ficção."

in Abrupto

A TVI e a manipulação dos factos!

Antes de ser desmentido já o era (1)

Um dos argumentos mais fantásticos que a TVI-Moura Guedes apresenta em sua defesa é o de que nada daquilo que "noticia" é desmentido.
Formalmente, é verdade.
Na realidade, uma mentira.
Aquilo que a TVI-Moura Guedes apresenta como "verdade" ou "novidade" é, sistematicamente, a deturpação de pequeníssimas peças de um puzzle, retiradas de textos já publicados e reinterpretadas editorialmente de maneira enviesada.
Vejamos um exemplo.

Abertura do noticiário da última sexta-feira, 20 de Março: o nome de José Sócrates teria surgido numa escuta telefónica, a qual o envolveria no recebimento de dinheiro no caso Freeport.

Vejamos o que dizia, sobre o mesmo assunto, o Correio da Manhã desse dia, ou seja, antes do noticiário da TVI:
O telemóvel em que foi escutada uma conversa que imputava a José Sócrates o recebimento de 500 mil euros foi desactivado ao fim de duas chamadas. Os factos reportam-se a 2005 e os telefonemas – considerados nos autos como de 'relevância para o inquérito' – foram feitos numa altura em que já se investigava a actuação do inspector José Torrão no caso. A chamada que envolve José Sócrates foi de curta duração e feita de um número privado para um dos suspeitos iniciais da investigação.

Ou seja:

1. o telefonema não ocorreu durante a alegada tentativa de suborno (2001), mas em 2005, quando se investigava o cambalacho montado por agentes da PJ, jornalistas e militantes do PSD e do CDS;
2. o telefonema envolve um "número anónimo", a chamada foi "de curta duração" e o telefone foi "desactivado" ao fim de duas chamadas;
3. a TVI considera que isto incrimina Sócrates; qualquer pessoa com o mínimo de discernimento percebe que a data, os personagens e o contexto apontam para algo bem diferente - a tentativa de envolver Sócrates a todo o custo, quatro anos passados sobre os eventos.
4. A expressão "com relevância para o inquérito" refere-se ao inquérito que então estava em curso - o do cambalacho PJ/PSD/CDS/jornalistas e não à questão do licenciamento do Freeport.

Chegados aqui, pergunta-se: desmentir o quê?

in Camâra Corporativa

segunda-feira, março 23, 2009

O dia do casamento do IFT ..

Não podia deixar passar em claro a lembrança desse dia por várias razões , entre muitas, a velha, sólida, real , franca e muita fraterna amizade que desde sempre nos uniu. O Isaías , tão jovem , tão garboso naquela farda , irradiava felicidade por tudo quanto era sítio e a BIBI nem se fala , tão bonita , tão formosa , tão alegre , distribuia simpatia a rodos.
Por outro lado penso que foi aí, nesse dia que a Colheita 63 começou a germinar , estivémos presentes eu , o Niso e o Quintas e posso dizer-vos que nenhum de nós jamais esquecerá esse dia. Fomos todos muito felizes nesse dia.
A Nônô, linda neta do Isaías , foi a melhor prenda da comemoração desse dia . Como te compreendo meu amigo.
Para ti e toda a tua família um grande beijinho de parabéns.

Amendoeiras!

Arrefeceu e faz vento!
As minhas amendoeiras, plantadas em Janeiro, ainda secam!

Frase do dia

"É tão difícil nomear um provedor de Justiça como encontrar a Maddie McCann."
---------------------------------
Que belos políticos e hábeis negociadores temos

Comemoração jamais esquecida!

Fez ontem 39 anos que, aproximando-se o dia do meu embarque para Moçambique, onde iria combater os "terroristas" de então, eu e a Bibi resolvemos casar, em Jerusalém do Romeu, depois de cerca de um ano de namoro por terras flavienses.
É habitual comemorarmos este dia passando-o sós, dando um bom passeio, almoçando ou jantando num bom restaurante, indo ao cinema ou ao teatro ou fazendo qualquer outra actividade.
Este ano, já estávamos convencidos que seria diferente, pois a nossa neta teve que ficar connosco durante todo o fim de semana.
Contudo, durante a manhã surgiu a oportunidade de uma amiga dela ir para nossa casa ou da nossa neta ir para casa dela. Dependia da vontade das duas meninas. Vi logo forma de poder ir almoçar e depois dar um passeio com a Bibi, cumprindo em parte a tradição do dia de Aniversário de Casamento.
Qual não foi o meu espanto, quando perguntado à Leonor( minha neta), se queria ir almoçar a casa da Raquel ou, se queria ir connosco, respondeu:
-Quero ir almoçar com os meus avôzinhos, que fazem 39 anos de casados!
Com esta declaração de amor haveria forma melhor de comemorar este evento?
Jamais esquecerei este dia!

sábado, março 21, 2009

Primavera

A Primavera
Sandro Botticelli

Frase do dia

Entristece-me que os holofotes da Igreja se virem sobre um pedaço de látex, em lugar de iluminarem o essencial.

Aliens!

Afinal... talvez tenha utilidade


Desprevenido, abri a TVI.
Estava lá a mulher do director.
Francamente... não havia necessidade.
Aqui fica a sugestão.

O símbolo da UTOPIA!

Vem aí o filme biográfico de Steven Soderbergh.
A não perder!

Milagres!

O Papa Bento XVI, com toda a sua fé, pediu dois milagres para África:
  • Abstinência sexual
  • Fim da corrupção
Será que a fé remove montanhas?

Provedor de Justiça

O Professor Doutor Jorge Miranda, fundador do PSD e apoiante indefectível de Cavaco Silva, Professor da Faculdade de Direito de Lisboa e ligado à Universidade Católica, constitucionalista, foi proposto pelo PS para Provedor de Justiça.

D. Manuela, a "dama de ferro", não aceitou, diz que tem de ser o PSD a propor, ao fim de 19 anos seguidos de "reinado"!

Quem fala de hegemonia?

sexta-feira, março 20, 2009

Sweet Jane: Lou Reed revisited!

O lider da oposição!


O NERVOSISMO DE JOSÉ MANUEL FERNANDES

Os editoriais do jornal Público já não são editoriais, são momentos de raiva de José Manuel Fernandes que acha que se pode substituir aos líderes dos partidos da oposição, incluindo a sua preferida, talvez por achar que são incapazes. O seu editorial dedicado à moratória do crédito à habitação é um bom exemplo desta postura degradante para o jornalismo.

«Aliviar o pagamento das prestações em ano eleitoral, mas permitindo que reapareçam mais tarde, mais altas e com juros, é tomar por parvo quem está aflito

Quando ontem o primeiro-ministro acabou de fazer a sua intervenção de abertura do debate quinzenal na Assembleia da República alguém tinha de lhe colocar, de imediato, uma questão: como pretende o Governo concretizar o corte para metade das prestações mensais de crédito à habitação dos agregados onde um dos membros está desempregado? Trará tal medida algum custo futuro para os beneficiários de hoje?»

O que José Manuel Fernandes afirma não é inteiramente correcto, é verdade que serão pagos juros, mas esquece-se que são quase simbólicos, para além de serem parcialmente suportados pelo Estado.

Na opinião de José Manuel Fernandes o Governo não deve Governar, apesar de ser um Governo legítimo e de ter que enfrentar uma crise. Belo conceito de democracia o deste voluntarioso ideólogo que a direita foi buscar em tempos à extrema-esquerda.

in O Jumento

Vamos lá ser sérios!

Lisboa, 19 Mar (Lusa) -- O líder parlamentar do PSD, Paulo Rangel, acusou hoje o PS de "tentativa de hegemonização de todos os cargos" e apontou essa atitude como um obstáculo à escolha do novo Provedor de Justiça.


* * * * *

Vejamos:

Caixa Geral de Depósitos - Faria de Oliveira (PSD)
Comissão de Mercado de Valores Mobiliários - Carlos Tavares (PSD)
Conselho Económico Social - Bruto da Costa (Independente)
Provedor de Justiça - Nascimento Rodrigues (PSD) - desde 1990 tem sido sempre um militante do PSD!

Nomes já propostos pelo PS:
  • Freitas do Amaral (Independente)
  • António Arnaut (PS)
  • Rui Alarcão (Independente)

Nomes já propostos pelo PSD:
  • Laborinho Lúcio (PSD)

Onde está a hegemonia?

www.mannnordeste.blogspot.com.

O Movimento Alternativo do Nordeste (MAN) vai lutar pela criação da Região de Trás-os-Montes e Alto Douro com autonomia igual à da Região autónoma da Madeira.


Este ano, o MAN tem outra “batalha” pela frente que promete defender “com unhas e dentes”, garante o dirigente. Vai lutar pela criação da Região de Trás-os-Montes e Alto Douro com autonomia "igual" à da Região Autónoma da Madeira e até defende a criação de uma zona franca na Região. Esta causa “merece” a acção pública do MAN, avança Fernando Bebiano, alegando que “o Sol nasce igual para todos os cidadãos”. Por isso, “não vamos permitir a existência de portugueses de primeira e portugueses de segunda”, conclui .

-----------------------------
Eu apoio incondicionalmente , sempre fui a favor da Regionalização

Ressaca do do Dia do Pai

Quatro razões para não deprimir!





quinta-feira, março 19, 2009

Afinal Quem Come Tudo?

"A usucapião

Salvo duas excepções que confirmam a regra — Magalhães Godinho (1976/1981) e Ângelo de Almeida Ribeiro (1985/1990) —, a Provedoria de Justiça à Lapa, criada em 1975, tem estado sempre por conta e risco dos senhores e senhoras que governam a São Caetano à Lapa.

Diz-se por aí que teria havido um acordo de cavalheiros entre o PS e o PSD para que o provedor de Justiça fosse alternadamente indicado por cada um dos partidos. Pode ser que essa lenda tenha algum fundo de verdade, mas o que é certo é que, desde o cavaquismo até hoje, todos os provedores têm sido indicados pelo PSD.

Com efeito, depois de Costa Brás, a quem coube proceder à instalação do órgão, há indícios de que possa ter sido celebrado um acordo de cavalheiros ou então foi mera coincidência a circunstância de ter havido a tal alternância:
1.º Magalhães Godinho, indicado pelo PS;
2.º Pamplona Côrte-Real, indicado pela AD;
3.º Almeida Ribeiro, indicado pelo PS;
4.º Mário Raposo, indicado pelo PSD.
Depois, estávamos em pleno cavaquismo (mais precisamente na grande crise que ficou conhecida por “oásis”) e nunca mais se falou de acordos de cavalheiros:
5.º Menéres Pimentel, indicado pelo PSD, a pretexto de que o anterior provedor não tinha terminado o mandato;
6.º Menéres Pimentel (PSD), reeleito a pretexto de que o Governo passou a ser do PS, não obstante o provedor ter sido até aí da cor da maioria;
7.º Nascimento Rodrigues, indicado, de novo, pelo PSD, a pretexto de que o Governo continuava a ser do PS;
8.º Outra vez Nascimento Rodrigues, militante do PSD, a pretexto de que se tratava de uma reeleição, não obstante o executivo já ser novamente do partido do provedor.
Tenha havido ou não um acordo de cavalheiros, a verdade é que ele não é cumprido há, pelo menos, 20 anos. Por isso, só a lei pode permitir superar o impasse. E chegados a este ponto, lamento muito, mas a razão está do lado do PSD: “A posse do direito de propriedade ou de outros direitos reais de gozo, mantida por certo lapso de tempo, faculta ao possuidor, salvo disposição em contrário, a aquisição do direito a cujo exercício corresponde a sua actuação: é o que se chama usucapião.” [Código Civil, artigo 1287.º]"
(Do blogue Câmara Corporativa)

Diga-se de passagem que este método de escolha, chamado "acordo de cavalheiros", é bem manhoso...Digo eu.

Qual das varandas preferiam?

Esta:



Ou esta?


Para todos os Pais ..

e especialmente para o MC.

Zurros!

JUMENTO DO DIA

José Sócrates

A decisão de adoptar uma moratória de dois anos nas dívidas de crédito à habitação é uma medida simpática e até positiva, mas também é mais um momento bloquista de José Sócrates. E o que ganham os que pagam renda de casa e estão desempregados? São muitas as famílias portuguesas que não podendo comprar casa foram obrigadas a arrendar uma a preços que não raras vezes são superiores aos que pagariam ao banco, estas famílias também enfrentam o desemprego e nada recebem.

É este o problema dos bloquistas, propõem medidas muito simpáticas para quem recebe mas raramente questionam quem paga essa medida e quantos são os que estando em situações similares não vão beneficiar dela. É por isso que se pode dizer que o primeiro-ministro teve um momento bloquista, aliás, ultimamente tem tido muitas recaídas deste género.

É necessário que se combata os efeitos da crise, mas que sob a capa de combater a crise não se gerem mais injustiças.

ESCAPOU-ME

Quase tive um desgosto por ter deixado escapar a notícia que nos nada a saber que Manuela Ferreira Leite se queixou de ninguém lhe dar ouvidos, algo inacreditável pois se um líder do maior partido da oposição faz tal afirmação ou é doido, ou é parvo, é o reconhecimento do falhanço.

Mas quero ser optimista e sugerir a Manuela Ferreira Leite que vá ao otorrinolaringologista e ao oculista, talvez o problema seja da voz ou daqueles óculos que lhe dão um ar de Bratz idosa, certamente não é por causa do que diz, até porque diz muito pouco, isso quando não está calada.

Mas há algo divertido nisto tudo, Manuela Ferreira Leite começou por adoptar uma estratégia de silêncio, agora que optou pelo banzé queixa-se de não ser ouvida. Afinal os portugueses aderiram mesmo à sua estratégia inicial, dantes não a ouviam, agora fazem que não a ouvem.

AS PROPOSTAS DE ALEGE.OPS

Porque não avança para um partido e apresenta as suas propostas? Alegre tem sido o líder da oposição, foi derrotado quando se candidatou a líder do PS, foi derrotado quando se candidatou a Presidente da República, foi derrotado quando a sua candidata se candidatou como independente à CML e nem sequer se deu ao trabalho de ir ao congresso do seu partido, de cuja comissão de honra aceitou fazer parte, e agora vem com programas político? Com que legitimidade, com as dos votos das presidenciais ou com a do número de militantes do PS que o apoiam?

Não me recordo de ter ouvido Manuel Alegre informar os eleitores das presidenciais de que os votos dos que votassem nele seriam usados até à eternidade para todas as deambulações políticas de Alegre como, por exemplo, para aproximações à extrema-esquerda. Não me recordo de Alegre informar os eleitores do PS que iam votar nele de que os seus votos iriam servir para conseguir mais lugares de deputados para os seus amigos, ou para forçar a nomeação de amigos para lugares de ministro. Não me recordo de ter dito aos seus camaradas que ia usar os seus votos para fazer chantagem permanente sobre o seu partido.

Alegre invoca os votos que teve para fazer proposta para tudo e para nada, curiosamente faz muito mais propostas e intervenções invocando as presidenciais do que as que faz Cavaco Silva que foi quem as ganhou.

in O Jumento

Há humor e humor!



Os portugueses exageram no sal, em todo o tipo de comida!

Os Cardiologistas há muitos anos que pregam, sem êxito, contra esse excesso.

O Governo, este ou outro, já deveria ter tomado este tipo de medidas (diminuição do teor de sal no pão) há muitos anos. Já deveria ter lançado uma campanha de educação das populações relativamente aos malefícios para a saúde, do excesso de sal.

Claro que não pode regulamentar o sal que a Sra. D. Josefa da Silva deita na sopa, lá em casa. Ou o IFFT na feijoada!
(Estou à espera de ser convidado a provar, mas com pouco sal, please!).

Não esqueçamos que as consequências do excesso de sal na comida (Hipertensão arterial, AVCs, Enfartes, etc) são pagos com o dinheiro de todos nós, contribuintes.

Porque não são os defensores do sal em exagero a contribuir com uma taxa extra, no IRS, para pagar essas consequências?

Eu que defendo e pratico o pouco sal na comida, porque sou obrigado a subsidiar os que voluntariamente querem adoecer?

Este humor não me agrada nada!

Promessas eleitorais do PS !!!


Ainda que estejamos habituados a situações algo semelhantes a estas, apenas para os mais distraidos, alerto que o texto que se segue é de índole humorística e faz parte integrante do Inimigo Público de hoje, na página relativa à hipertensão eleitoral e que reza assim:
"Os pães são o primeiro passo. O governo pretende reduzir o teor do sal no oceano da ZEE nacional , que, segundo Manuel Pinho, "causam hipertensão nas sardinhas, que morrem cedo com AVC's e assim prejudicam a indústria da pesca e a economia nacional".
" Lembro, como Pessoa, que muito do sal do mar são lágrimas de Portugal, lágrimas causadas pelo Governo de Durão Barroso e Paulo Portas. Com a nossa resposta à crise , os portugueses deixaram de ter razão para chorar e portanto a água do mar vai ficar menos salgada que o soro fisiológico usado por um bébé apoiado pelas nossas políticas de incentivo à natalidade", afirmou, por sua vez, José Sócrates.

Email do MC ( extractos )

.....- Tu não te enganaste ao escrever,nas fotos, que o Francisco Cepeda está casado com a Fernandinha? Não será a Julieta? Porque não estou a ver outro Francisco Cepeda!!
- Deixaste de publicar os aniversários ! .....
---------------------------------------------
Ora aqui está um verdadeiro Colheiteiro63, atento ás realidades do n/tempo , obrigado MC.
Quanto á 1ª questão não te respondo para já , deixo isso para os n/Colheiteiros, especialmente para o trio de Bragança , GB,MAA e MP.
Quanto á 2ª , pois claro , foram 2 anos a lembrar e quis fazer esta ano a experiência de não piublicar a ver no que dava , vamos aguardar ...

Eles comem tudo...



Zeca Afonso imortalizou tal frase, nos tempos da "outra senhora", numa das suas inolvidáveis baladas...
Porque será que hoje, quarenta anos volvidos, numa democracia aparentemente madura, uma alta figura do Estado, nada mais nada menos, que o Provedor de Justiça, eleito pela Assembleia da República, profere-a com toda a convicção, numa das revistas de maior tiragem do espectro mediático nacional.
Estará louco?
A "voz do dono", do Grande Líder, veio de imediato a terreiro, lamentar o sucedido e acusar a figura em questão, de lançar gazolina na fogueira e de outras conjecturas circunstanciais.
Toda a gente sabe o que se passa. Não vale a pena chover no molhado.
Ainda ontem o Grande Líder na interpelação Parlamentar ( Sessão de Propaganda) disse o que faria. Então que faça!
E deixe o Dr. Nascimento Rodrigues ir tratar dos netos, pois já cumpriu a sua obrigação. Oito meses são tempo, mais que suficiente, para que em democracia os políticos se entendam, com pré-acordos estabelecidos, a não ser que possuam desvios "vampirescos"... o que parece estar a acontecer com a gente que nos (des) governa.

quarta-feira, março 18, 2009

PapaSida!

O Papa disse em África que a SIDA não se combate com preservativos, pelo contrário, estes agravam a situação.
Para resolver este problema, o Santo Padre preconiza o despertar espiritual e humano, a abstinência sexual e a amizade pelos que sofrem.

Blogues, comentadores, articulistas, ONGs, noticiários da TV indignaram-se com estas afirmações.

Não percebo!
Mas esta não é a posição oficial da Igreja?
Poderia dizer outra coisa?
Obviamente que não!
Indignem-se com a Instituição Igreja e não sejam hipócritas.

Os milhões de pessoas que morrem em África com HIV, é coisa de pouca monta!

Para mim, que não sou religioso, os preservativos são úteis mas não chegam! É necessário ajudar o desenvolvimento cultural e económico de África. Não é só explorar os seus recursos humanos e materiais!

Pois...

Todos Diferentes… Todos Iguais!

Cigdem Atakuman, foi despedida do cargo de directora da revista científica turca "Bilim ve Teknik" ("Ciência e Técnica") por ter dado cobertura central à Teoria da Evolução na última edição daquela publicação.

Porquê?

- Porque a Teoria da Evolução contraria os ensinamentos criacionistas do Corão.

*

A Câmara de Representantes do estado norte-americano do Oklahoma manifestou-se «fortemente contra» o convite feito pelo Departamento de Zoologia da Universidade de Oklahoma a Richard Dawkins, biólogo e professor da Universidade de Oxford, para proferir uma palestra comemorativa do 150º aniversário da publicação da Teoria da Evolução por Charles Darwin.

Porquê?

- Porque as declarações públicas de Dawkins sobre a Teoria da Evolução «são contrárias e até ofensivas dos pontos de vista e das opiniões da maioria dos cidadãos do Oklahoma».

*

Enfim, independentemente da sua religião, é tudo gente de muita fé:
- Todos diferentes, todos iguais!

Afinal D. Sebastião voltou e é de esquerda!


«Se Manuel Alegre conseguisse pôr a render o seu dinheiro como tem posto a render os votos das últimas presidenciais, por esta altura seria multimilionário. Aquele famoso milhão de votos de 2006 tem estado a ser pago a juros elevadíssimos pelo PS, e Alegre acredita, do fundo da sua alma, ser não só a verdadeira consciência da esquerda como o homem por quem Portugal intimamente suspira - e é sempre um problema quando alguém carismático está mesmo convencido daquilo que está a dizer. Contudo, o já baptizado "problema Alegre" tem sido colocado apenas num sentido: que males se abaterão sobre o Partido Socialista se o bardo do Mondego virar as costas ao Largo do Rato? Ora, talvez valha a pena pôr também a questão ao contrário: que ganha Manuel Alegre em arregaçar as mangas, sair do PS, e fundar o seu próprio movimento, o seu próprio partido, ou seja lá o que for?» [Diário de Notícias]

João Miguel Tavares

Já preencheram a declaração de IRS ?

Recebi um mail que dizia «Preparar a Declaração do IRS 2008». Quando li «já actualizou a sua lista de dependentes», prestei mais atenção, acreditando que poderia conter alguns conselhos úteis .
Como todos nós contribuímos para os mesmos, aqui fica a cábula, na esperança de que te seja útil.

1) Presidência da República e assessores;
2) Governo e assessores (até mesmo os familiares nomeados por clientelismo político);
3) Câmara Municipal de ... e assessores (idem) ;
4) EPAL (consumos mínimos);
5) EDP (consumos mínimos);
6) Gás (consumos mínimos);
7) Beneficiárias da taxa de saneamento básico (recolha de lixo, etc.);
8) Inspecção de veículos;
9) Companhias seguradoras (seguro automóvel obrigatório) ;
10) BRISA - Portagens;
11) Concessionárias de parques e estacionamento automóvel;
12) Instituições financeiras - Taxas de administração e manutenção de contas correntes, renovação anual de cartões, requisição de talões de cheques, etc.;
13) Mais de 250 deputados da Assembleia da República;
14) BPN, BPP e esquemas de enriquecimento fácil de gestores cleptomaníacos a que o Estado entrega os impostos que pago.

Ainda assim admite que se tenha esquecido de «um monte deles>>, por isso podeis acrescentar os que vos aprouver.

segunda-feira, março 16, 2009

Criminalidade

É da minha vista ou é a isto que se chama aumento da criminalidade?

"Assustado com a crise, o Congresso americano fez o que deu controvérsia: subvencionou empresas para não falirem. A direita americana queixou-se mas tinha contra ela a lógica de um dos seus, John Foster Dulles, que foi secretário de Estado de Eisenhower, na Guerra Fria. Dulles, é certo que para outras lutas que não as financeiras, inventou a Teoria do Dominó: se um país cai na órbita comunista, logo sucede o mesmo aos vizinhos... Daí o esforço para suster a epidemia onde quer que ela se revelasse. Foi assim que Obama argumentou para doar o dinheiro dos contribuintes a quem o tinha malbaratado. Deixar cair a seguradora AIG poderia parecer uma vingança justa, a malandra tinha investido na Bolsa como um mafioso de Nova Jérsei aposta nas corridas de cavalos. O problema é que a sua queda empurraria outras, como as pedrinhas do dominó. Deram-lhe, pois, 170 mil milhões de dólares para se recuperar. Ontem, soube-se que a AIG reservou 165 milhões desse favor que lhe fizeram para... dar bónus aos seus executivos! Sim, sim, os incompetentes que levaram a sua empresa à falência acham-se com direito a prémio e justificam: está nos contratos!"

Ferreiro Fernandes no DN de hoje

Pensamentos


Para ver é só clicar no play
Enviada por email by Mercês Gonçalves

Monarquia!?

Rainha da Jordânia

Com Rainhas assim, até eu, indefectível republicano, questionava a possibilidade de repensar o meu republicanismo e dar um gostinho à minha Avó monárquica. Lá no Céu, onde deve estar, ela teria um sorriso matreiro e pensaria: "apanhei-te"!

Já sei que é um poste machista, escusam de dizer isso nos comentários.

Democracia!


Carvalho da Silva

Carvalho da Silva, o militante comunista que o PCP mantém à frente da CGTP até arranjar um ortodoxo para o lugar, ficou frustrado porque o Governo não se assustou e acusa Sócrates de provocação por não atender às suas exigências.

Alguém devia dizer a Carvalho da Silva que os seus manifestantes não davam para eleger o presidente da CM de Sintra e que numa democracia a legitimidade vem das eleições e não das manifestações. Que tenha calma e espere pelas próximas eleições, eu sei que isso é penoso para alguém que defende um regime que dispensa essa formalidade mas enquanto vivermos numa democracia são estas as regras do jogo, ele organiza manifestações beneficiando da democracia e é o povo que escolhe os governos, a sua legitimidade vem dos manifestantes e a do Governo vem dos eleitores. Nem é muito difícil de entender.

in O Jumento


domingo, março 15, 2009

Alguém descobriu no Público de ontem o blog Colheita63?

Ontem o jornal " Público" deu á estampa no seu suplemento P2 e na rubrica blogues , um artigo publicado no Colheita 63, sobre os mais ricos do mundo. Embora o referido artigo não fosse da n/autoria e estivesse devidamente referenciado a verdade é que já temos alguma notoriedade.

Reflexões e não só...

  • A Comunicação Social é tão presta a denunciar aos gritos, os possíveis e improváveis atropelos à sua liberdade de informação, mas cala-se vergonhosamente perante a grosseira e impudica manipulação da informação e sistemática violação do segredo de justiça, feita por grande parte dela. É preciso vender papel!
  • Otelo Saraiva de Carvalho concorreu às Presidenciais em 1976 e teve 792.760 votos. Voltou a concorrer em 1980 e teve 85.896. Convém que os umbiguistas da nossa praça não se esqueçam.
  • Um dia, se acordo mal disposto e vou às reuniões onde nunca fui e devia ir, pois é para isso que me pagam, ainda faço com que a Terra deixe de girar sob o seu eixo. E depois? Depois é o CAOS e cai o Governo! Nem mais...

Encontro da Colheita de 63

Já há 30 inscritos!

Nota - podes inscrever-te nos comentários, por email, por telemóvel ou por carta!

sábado, março 14, 2009

Ainda sobre a Castafiore

"O CARÁCTER VOLTA A ATACAR


Ferreira Fernandes
Já aqui disse que foi tolo da parte de José Lello acusar Manuel Alegre de "falta de carácter." O que não falta a Alegre é carácter. E com isso faço um elogio limitado: só digo que ele não é mole. Ainda ontem, na entrevista à Antena 1, ele disse que se fosse às "reuniões do [seu] grupo parlamentar, depois das eleições presidenciais, já não havia grupo parlamentar." Quem diz isto, de facto, é durão. O que prova também que o carácter (a falta de moleza) nem sempre dá para coisa boa. Alegre insistiu no que aconteceria se fosse ao seu grupo parlamentar: "(...) se calhar não teria sido possível nós chegarmos onde chegámos com alguma estabilidade, cujo mérito se deve ao presidente do grupo parlamentar, ao secretário-geral José Sócrates e a mim." Quer dizer, a estabilidade deveu-se ao que o líder parlamentar e o líder do partido fizeram e - relembro: é Alegre a falar - deveu-se ao facto de Alegre não a ter torpedeado. Ora aqui está como tudo isto é relativo. Alegre não torpedeou o seu partido - quer dizer, foi um bocadito mole - e só lhe fica bem. Por outro lado, teve carácter para vir gabar-se do mal que poderia ter feito e, isso, francamente, cai mal."
(Hoje no DN)

Prejuízo: 4 millhões de euros!

Público com resultado negativo de 3,99 milhões de euros

11 de Março de 2009, por Filipe Pacheco

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * *

Muito mal iria o mundo, se com o novo jornalismo que foi implementado no jornal, começasse a ter lucros.
O que o Senhor Belmiro decide gastar para ter uma voz de pressão sobre os governos!
Isto é poder!

Conhece o teu perfil


Enviada por email por MAA . Obrigado.
Vai clicando até final

Quem te avisa, teu amigo é ....

Aviso da PSP - ATENÇÃO

NÃO VÁ SOZINHO, CUIDADO!

Está com os seus amigos num restaurante bar (ou noutro sítio qualquer), a divertir-se. De repente, chega um indivíduo e pergunta de quem é o carro tal, cor tal, matrícula tal, estacionado ali na rua. Pedem que o (a) dono (a) dê um pulinho lá fora para manobrar o carro, que está a dificultar a saída de um outro. Bastante solícito (a) vai e, ao chegar ao seu carro, anunciam-lhe o assalto. Levam o veículo, os pertences e ainda tem sorte se não levar um tiro.

Numa mesma noite, a polícia atendeu três pessoas feridas, todas envolvendo a mesma história.

Divulgue esta notícia para alertar os seus amigos.

By LP por email - Obrigado

AVE CAESAR

«Se eu fosse às reuniões do grupo parlamentar, se calhar já não havia grupo, nem governo».

Manuel Alegre, entrevista à Antena 1.

sexta-feira, março 13, 2009

Para o meu amigo IFT

Como sei que gostas de andar sempre actualizado aqui te deixo a última , vinda de Bragança através do nosso comum amigo Adalberto

Ultima hora

O Sporting Clube de Portugal acaba de rescindir o contrato que tinha assinado com



em virtude do novo acordo que obteve com a

Obrigado FP e Madalena ..

O Fernando Pires , depois de muita insistência da minha parte , não só a ele mas a todos os Colheiteiros LNB com quem tenho contactado , obsequiou-nos com umas fotos do n/tempo , a grande parte relativas ao 1º de Dezembro e que muito nos deliciaram .
Nelas recordámos conhecidos , amigos e até colegas de escola e do LNB que já não víamos há muito tempo.
Gostei muito de recordar , além do FP meu amigo e companheiro de Escola desde a 1ª classe o Gabriel Salazar que também foi meu companheiro de escola na 4ª classe em Mirandela , o Francisco Cepeda( casou com a Fernandinha, um grande beijo para ela e mana ) , Zé Hernâni ( no famoso 4º C ), Belchior , Américo Paula ,Zé Monteiro e Luís Martins ,todos eles meus companheiros de turma neste ou naquele ano no LNB.
Depois também o Zé Carneiro ( casou com a Liliana também um grande beijo e para as manas ) ), Fernando Guerra, ( meu grande companheiro no pós liceu ) David( cunhado do BV ) Xavier ( meu conterrâneo ).
Para o fim deixei o "famoso " Manuel Pires . meu grande amigo ,pois foi para a maior parte de nós que aparecemos nestas fotos e para outros do n/tempo em Bragança, o símbolo da independência e modernidade pessoal. O MP desenhava muito bem , tinha muitas ideias não só sobre a vida e a política e foi ele o criador do famoso boneco do ZIP-ZIP bem como de muitos décors originais que emolduravam a TV na altura , Um grande abraço Manel , gostava de te ver .
Par o fim mesmo , é mesmo a Madalena pois tenho a certeza que se não fosse ela e as amigas GB, MAA e Fernanda Cepeda(FC) não teríamos tido a felicidade de ver aquelas fotos.
Já agora penso que gostaríamos muito de ver fotos das n/meninas daquele tempo , quem quer ser a 1ª a enviar-mas ? Fico a aguardar...


Isto é que é uma tropa ... 13

Lá saiu a habitual lista dos mais ricos, da revista Forbes. A deste ano traz uma novidade nacional: nos mil mais ricos do Mundo, comparando com a lista de 2008, saiu Belmiro e entrou Berardo. Ora acontece que, este ano, eu também mereço entrar numa lista: "Lista dos que deixaram de ser tansos e já não acreditam em tudo os que os especialistas de finanças dizem". Já fui crente, mas isso foi A.C. (Antes da Crise). Agora, quando vejo especialistas dizer que Berardo é mais rico do que Belmiro, compreendo que uma revista do capital social não está longe de uma revista do social. Esta entrevista famosos que são famosos porque são entrevistados e aquela faz contas com um calculadora que ignora números e só tem leves impressões.
O director da Forbes julga ter lábia para me enrolar numa discussão sobre finanças, mas eu não deixo. Lembro: o essencial das finanças é a relação entre o deve e o haver. Pergunto ao director da Forbes: preferia ter o que tem Belmiro ou o que tem Berardo? Peço desculpa pela particularização da conversa, mas ela ilustra o essencial da crise: trataram os números como magia.
E, como se vê pela lista da Forbes, insistem.|
In DN de hoje