A interactividade da Colheita63 em movimento contínuo para todo o Mundo e especialmente para Lisboa , Tomar , Monte Estoril , Linda-a-Velha , Setúbal , Coimbra , Porto , VNGaia , Braga , VNFamalicão , Santo Tirso , Afife , Vila Real , Vinhais , Bragança , Castelo Branco , Seia , Vendas Novas , Varsenare e Aveiro

quarta-feira, dezembro 31, 2008

Cinismo internacional!

«Os cálculos do Hamas são simples, cínicos e pérfidos: se morrerem israelitas inocentes, isso é bom; se morrerem palestinianos inocentes, é ainda melhor.»


Amos Oz, Público 31.01.08.


Por Tomás Vasques

Nota - bold e cores são meus...

Esperança 2009

A minha esperança política para 2009 :
Gostaria que em Portugal, no próximo ano, houvesse uma Oposição credível e capaz de se bater contra a bem demonstrada indigência política do Partido Socialista e que as Eleições a terem lugar, fossem disputadas num clima de incerteza latente, quanto ao resultado final obtido pelos partidos em confronto.
Se assim fôr , pela minha parte, o ano que se avizinha, em termos políticos já teve os seus méritos! Não sou muito exigente...

Momentos 2008 , marcantes para mim

Cinema - "O Crime do Padre Amaro " em versão moderna , bem adaptado em interpretação de Nicolau Breyner . Primeiro grande romance de Eça de Queirós, O Crime do Padre Amaro tem por alvo a crítica à sociedade portuguesa por meio da análise de duas constantes: o anticlericalismo e o provincianismo.
Livro - "O Equador " de Miguel Sousa Tavares . São expostas criticamente as sociedades lisboeta e são-tomense do princípio do século (a primeira dominada pela vacuidade burguesa, a segunda pela exploração da mão-de-obra africana) - com lapsos (como a importância do papel de "polvo" que o Banco Nacional Ultramarino desempenhou na economia daquelas ilhas), deslizes ou incorrecções que o próprio autor já reconheceu - para atingir uma posição ética: mesmo na época de uma exploração colonial que assentava no trabalho compulsivo, havia um governador humanista
Música - "Petit Fleur" de Sidney Becket .Como péssimo ouvinte que sempre fui , não me consigo habituar a outra
Política - "Greve dos Professores" . Inconscientemente ou não tudo fizeram para colocar o líder da Fenprof na presidência da CGTP e para ajudar os sindicalistas a chegar ao topo da carreira. Ficou claro que não querem a avaliação.
Desporto - "Benfica" , campeão de Inverno" . Há 23 anos que não acontecia

Fechámos o ano com 75.000 visitas e só este ano com 40.000 . Nada mau

Para Colheiteiros, famílias, amigos e visitantes!

Os meus desejos para vós ....


Até pró ano

terça-feira, dezembro 30, 2008

Bom Senso, Sr. PR!

O Princípio da Arrogância “Democrática”

" (...) Artigo 114º do Estatuto dos Açores - “Os órgãos de governo regional devem ser ouvidos pelo Presidente da República antes da dissolução da Assembleia Legislativa e da marcação da data para a realização de eleições regionais ou de referendo regional, nos termos do n.º 2 do artigo 229.º da Constituição.”-, que levou Cavaco Silva aos arames, é praticamente uma cópia do nº 2 do artigo 229º da Constituição da República:
“Os órgãos de soberania ouvirão sempre, relativamente às questões da sua competência respeitantes às regiões autónomas, os órgãos de governo regional.”

Como se vê, o único crime do artigo 114º do Estatuto dos Açores foi lembrar que o Presidente da República, ainda que se chame Cavaco Silva, não é Deus, é apenas um órgão de soberania, como são a Assembleia da República, o Governo e os Tribunais.
Parece que o próprio não gostou que lhe lembrassem esse pormenor, preferindo reincidir em comunicados bizantinos, em vez de pedir ao Tribunal Constitucional que se pronunciasse sobre o artigo que lhe causou mais engulhos do que a fava de um bolo-rei.
Porém, se esta atitude não se estranharia em comentadores que têm por profissão alimentar guerrilhas entre órgãos de soberania, é no entanto intolerável em quem tem por obrigação contribuir para a estabilidade política do país.
E não há princípios que valham para a justificar.

De facto, quando se enfrenta a pior conjuntura económica internacional de que há memória, o que os portugueses esperam da actuação de todos os órgãos de soberania é bom senso.
(posted by José Ferreira Marques em "Forma e Conteúdo")

Isto é que é uma tropa ...

O que está a dar, agora, é o Inverno. No IP4, milhares de automobilistas pararam os seus carros na berma para ‘brincarem’ com a neve e o caos foi tal que o trânsito ficou interrompido porque outros tantos milhares de automobilistas, vendo as notícias, meteram-se pela IP4 para gozar a confusão. Foi uma festa. Um dia sem assunto é um dia bem passado.

Maravilha , digo eu ...

O Presidente da República voltou a falar sobre a questão que o preocupa: o Estatuto Político-Administrativo dos Açores. Aparentemente é o único português preocupado. Quando, no Verão, abordou pela primeira vez o assunto, Cavaco foi desconsiderado pelos comentadores continentais por estar a ‘maçar’ a audiência com coisas de ilhéus. A verdade é que o Presidente da República é fraco em televisão. Não puxa pelo público.

Não houve nenhum voto contra , porque seria ?

Uma descida Mirandela/Tua


Nas minhas arrumações de final de ano dei com este vídeo , numa célebre descida ao Tua com malta minha amiga de MIrandela . DO conheces tudo , né ?

Para todos os povos de boa vontade!

Para os Colheiteiros e famílias, amigos e visitantes, são os meus Votos de esperança, no ano difícil que vai começar!

segunda-feira, dezembro 29, 2008

Os portugueses devem estar loucos...!

Doze mortos, quarenta e nove feridos graves e trezentos e setenta e oito feridos ligeiros.

...

Foi o resultado da guerra civil nas estradas portuguesas durante a quadra de Natal, durante a qual ocorreram mil, trezentos e quatro acidentes. São muitas famílias enlutadas e confrontadas com as consequências familiares e económicas da morte de um dos seus, são centenas de viatura destruídas, dezenas de camas hospitalares ocupadas com feridos graves, alguns dos quais acabarão pró falecer, e centenas de atendimentos nos serviços de urgência dos hospitais.

Pois, os portugueses devem estar mesmo doidos e se não estão comportam-se como tal.

in O Jumento

Comer no Natal

Até o que se come no Natal, se pretende que seja o mais semelhante, neste Mundo globalizado.
Por tal motivo as pastelarias e restaurantes aceitam encomendas para as principais refeições festivas e há, por assim dizer, um determinado tipo de ementa comum, que as pessoas comem
sujeitando-se ao que lhes é servido.
Com a desculpa da falta de tempo, mas por manifesta falta de vontade e de jeito, as actuais donas de casa, optam pela modalidade mais cómoda, mas onde as nossas tradições se vão diluindo e nos vamos habituando às tradições doutras terras e paragens.
No entanto, ainda resisto a alguns mimos, ainda que modestos e feitos pela Bibi: Rabanadas com pão de cacete, não com pão de forma- fatias douradas- ovos verdes, arroz doce e aletria. Igualmente, o almoço do dia de consoada, tem um grande significado e a ementa é constituida por polvo cozido (curado de preferência), com batatas cozidas na água do polvo e couve potuguesa(troncha) regada com azeite de 0,3 % de acidez e com colorau espanhol, dissolvido neste.
Á sobremesa serão servidos os doces acima mencionados.
Portanto meus amigos, por aqui e enquanto puder vou resistindo ao global.

sábado, dezembro 27, 2008

Hoje, aqui na Beira-Baixa alentejana!

Chuva, nevoeiro e frio!

O vídeo do dia ...

Leio uma notícia sobre a aula onde alunos do 11.º ano de escolaridade (tendo à volta de 16, 17 anos) apontaram uma pistola de plástico a uma professora: "Na origem deste caso (...) está um vídeo, com cerca de 30 segundos, filmado com um telemóvel, que mostra um grupo de alunos a ameaçar a professora de Psicologia com uma arma de plástico." Eu quero fazer uma rectificação: na origem deste caso não está vídeo nenhum, como na origem da queda das Torres Gémeas não estão os filmes, que todos vimos, dos aviões a embater nelas. Na origem deste caso estão alunos a apontar uma pistola de plástico a uma professora. Faço a rectificação também porque a presidente da Associação de Pais da Escola do Cerco, no Porto, achou necessário informar que não foram os alunos que colocaram o filme no YouTube, mas "alguém que não é amigo deles."

Eu, se fosse da Associação de Pais daquela escola, focalizaria toda a minha atenção no facto maior, aquele que é "a origem deste caso": alunos de 16, 17 anos apontarem uma pistola de plástico a uma professora.

Enquanto estes factos extraordinários forem lavados com água de malvas, continuaremos a ter estes factos extraordinários.

In DN de há dias

sexta-feira, dezembro 26, 2008

A frase do dia ...

'Duas linhas de mulheres: as que se conhecem na pista de dança e as que se conhecem na biblioteca'

De qual gostais mais ?

Pois é...é NATAL...

Jingle bells, jingle bells...

...


Uma arma apontada por um aluno a uma professora durante uma aula de Psicologia na Escola Secundária do Cerco, no Porto, só surpreende quem não vive lá. Para os moradores, surpresa é o facto de o revólver ser de plástico.
...

in Jornal de Notícias


* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *
...

Já o que disse em relação à indisciplina roça a hipocrisia, os mesmos que fizeram galhofa estão agora preocupados com as brincadeiras dos alunos? Se bem me lembro os professores disseram dos meninos que atiraram ovos à ministra precisamente o que agora se disse a propósito dos meninos que andam armados em gangsters dentro da aula, que eram bons rapazes, habitualmente exemplares e bem comportados.
...

in O Jumento


Nota - notícia e comentário sobre o aluno que ameaça professora com pistola de plástico, (já sei que é requentada, né Manel?), mas bem falei nisto nos meus postes...agora aguentem!


Cuidado meninas!

Jovem defendendo-se de Cupido!
William Adolphe Bouguereau
1825-1905

quinta-feira, dezembro 25, 2008

Sugestão para o jantar de Natal

Para as n/Colheiteiras LNB e visitantes cozinheiras ..

Receita de Peru assado à moda antiga


Ingredientes:

• 1 peru
• 500 g de sal
• 1/2 copo de aguardente
• 1 kg de laranja
• 500 g de limão
• 1 copo de azeite
• 2 colheres de sopa de manteiga

Descongele o peru, pique com o garfo, regue com aguardente e deixe de molho enquanto prepara o recheio. Antes de ir para o forno coloque os demais temperos.

Recheio:

• miúdos
• 1/2 copo de azeite
• 1/2 pacote de manteiga
• 150 g de toucinho
• 150 g de presunto
• 2 cebolas
• alho
• azeitonas
• 2 copos de vinho branco
• 4 ovos
• salsa
• 200 g de pão duro moído
• sal

Junte na panela o azeite, a manteiga, as cebolas e o alho picados, carnes e azeitonas picadas. Adicione o vinho branco e água e deixe cozinhar bem. Se usar o pescoço, quando estiver cozido retire a carne desfiando. Bata os ovos com a salsa e o pão. Misture tudo com uma colher de pau e recheie o peru.

Adorava sugestões para o vinho , Vamos a isso ...

Jantar da Consoada



Segundo parece, o ‘jantar de consoada’ é cada vez mais encomendado de fora ou servido nos hotéis. As bichas nos supermercados e nas pastelarias são enormes …

Uns dias antes do Natal , quis experimentar uma rabanada naqueles sítios que as fazem para levarmos para casa e o resultado foi um desastre , com muito óleo e rançosa. Imagino que as filhós devessem estar na mesma.

Por isso foram feitas cá em casa e estavam divinais.

Nas sociedades tradicionais, as festas tradicionais são essencialmente domésticas, caseiras, familiares – e Portugal está a mudar de hábitos. Não vem daí grande mal, a não ser a revelação de que as pessoas já não sabem ou nem gostam de cozinhar. Ou não têm tempo para isso, porque trabalham muito e de tão habituadas já não sabem apreciar o bom e o mau…tanto lhes dá , principalmente á malta nova.