A interactividade da Colheita63 em movimento contínuo para todo o Mundo e especialmente para Lisboa , Tomar , Monte Estoril , Linda-a-Velha , Setúbal , Coimbra , Porto , VNGaia , Braga , VNFamalicão , Santo Tirso , Afife , Vila Real , Vinhais , Bragança , Castelo Branco , Seia , Vendas Novas , Varsenare e Aveiro

quarta-feira, janeiro 12, 2011

CC e RS, o drama e o nojo.

Depois do assassínio de CC, cronista social, pelo seu presumível "namorado" (RS), surgem comentários em blogues de direita e circulam emailes pela net, cujo conteúdo mostra bem a falta de respeito por valores humanos e a homofobia desta gente.
Pior do que a campanha eleitoral.
Um nojo.

8 comentários:

IFFT disse...

Só em blogs de direita?
Ao que chega a falta de uma bússola!...
Quando fazes anos para te oferecer uma?

Rosa dos Ventos disse...

Subscrevo!
Independentemente da orientação sexual todos têm direito a serem tratados com dignidade quer em vida quer na morte, sobretudo na morte pois aí estão completamente indefesos!
O que se passou e como a comunicação social está a tratar o caso é chocante...
Claro que este não é um caso de pedofilia...
Ser pedófilo é crime, ser homossexual não!

Anónimo disse...

Se a "pena capital" ainda não entrou em vigor, aqui fica a minha opinião.
Viver em liberdade é algo que não tem preço e como tal cada um é livre de fazer/ser o que entender desde que o que faz não colida com a liberdade dos outros. O Sr CC era livre e assumia-se publicamente como tal, quanto ao Sr RS embora apenas com 21 anos, e pela experiência dos 6 meses de que os jornais falam, devia saber que nos negócios “não há almoços grátis”…
Madalena Cabral

Duarte disse...

IFFT:

Admito que há gente dita de esquerda, que é conservadora e intolerante.
Também admito que há gente de direita tolerante e aberta!

Satisfeito?

Viva o SCP!

Anónimo disse...

Subscrevo na integra os comentários da Madalena Cabral e do Duarte.

Sebastião Augusto (SA)

Anónimo disse...

Subscrevo as vossas opiniões.
A comunicação social já ultrapassou todos os limites, mas vão aproveitando e explorando ao máximo a sua estada em Nova Iorque!!

Por acaso ouviram falar dum jovem professor, de Bragança, que desapareceu numa enxurrada na Madeira?
Desculpem,sei que nada tem a ver uma coisa com outra...,mas tenho andado a ver se ouço alguma coisa e nada.
gb

mc disse...

Jornais, rádios e tvs agarram-se a tudo que lhes dá audiências e leitores, ou seja dinheiro. Money,money,money... como dizem os Pink Floyd.
Como escreve hoje no Público António de Sousa Duarte,ex-jornalista, consultor de comunicação ,doutorando em Ciência Política ,referindo-se ao tratamento dado às mortes de Vitor Alves e do cronista Carlos Castro:
"O país trocou "um cidadão de primeira" por uma "história de segunda", mas o desiderato é positivo: chancela-se a morte do militar,político,ministro e conselheiro da Revolução em rodapés a correr e baixos de página e atribuem-se honras de Estado... mediático ao assassinato do cronista(...)".

Zé Inácio disse...

O pessoal de esquerda, são todos uns santinhos.
Amigos dos pobres, ajudam a atravessar o ceguinho na passadeira, vão levar a marmita da comida à casa da velhinha, jogam ás cartas com os velhotes no jardim público, passeiam com os idosos, levam-nos á praia, e até lhe oferecem prendas quando fazem anos, etc. etc.
Eu admiro imenso todo o pessoal de esquerda, porque eu sou de esquerda, quero continuar a ser de esquerda, a minha familia é de esquerda, e eu quero morrer sendo de esquerda. Viva a esquerda, vive la gauche, left alive.

P.S.não pertenço a este vosso grupo e casualmente vim ter a este interessante blog de amigos.
Boa sorte.

Zé Inácio
EDP (Porto)